Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autoridades japonesas retomam busca por desaparecidos no nordeste do país

Lusa

  • 333

Tóquio, 11 fev (Lusa) - A polícia e a guarda costeira japonesas retomaram hoje as buscas de 2.500 pessoas que continuam desaparecidas nas prefeituras de Iwate e Miyagi, as mais devastadas pelo sismo e tsunami de março de 2011 no Japão.

Segundo dados da polícia, o tsunami, que arrasou o nordeste japonês em março de 2011, provocou 15.880 mortos e quase dois anos depois estão ainda desaparecidas 2.698 pessoas entre as quais 2.483 apenas nas prefeituras de Iwate e Miyagi.

Na localidade de Kasennuma, em Miyagi, onde morreram 9.500 pessoas, vários mergulhadores pesquisaram o fundo marinho em busca de desaparecidos.