Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autoridade da Concorrência faz "investigação aprofundada" à venda do Pavilhão Atlântico

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jan (Lusa) -- A Autoridade da Concorrência (AdC) decidiu fazer uma "investigação aprofundada" à venda do Pavilhão Atlântico, em Lisboa, ao consórcio Arena Atlântida, porque tem "sérias dúvidas" de que esta não viole a lei da concorrência, anunciou hoje aquele organismo.

A AdC "adotou um Projeto de Decisão de Passagem a Investigação Aprofundada à operação de concentração envolvendo a aquisição do Pavilhão Atlântico e da Blueticket pela Arena Atlântida, por ter identificado sérios indícios de que a operação é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva nos mercados da promoção de eventos de música ao vivo, serviços de bilhética e exploração de espaços 'indoor' para espetáculos e eventos de grande dimensão", refere um comunicado hoje divulgado na página da internet daquele organismo.

O Governo aprovou em julho do ano passado a venda das ações representativas da totalidade da capacidade social da Atlântico -- Pavilhão Multiusos de Lisboa, em conjunto com o Pavilhão Atlântico, ao agrupamento Arena Atlântico de Luís Montez.