Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Automóvel: Diretor da Peugeot abandona empresa "por razões pessoais" e PSA nomeia Maxime Picat

Lusa

  • 333

Paris, 3 set (Lusa)- O grupo autombilístico francês PSA Peugeot Citroen anunciou hoje que vai substituir a partir de outubro o diretor da marca Peugeot, Vincent Rambaud, por "razões pessoais", e nomeou Maxime Picat, um gestor que estava à frente da filial china DPCA.

A PSA explicou em comunicado que Vicent Rambaud, que estava na empresa há dez anos e era diretor-geral de Peugeot desde abril de 2010, decidiu a abandonar a PSA e "dar uma nova orientação à sua vida profissional".

Maxime Picat, de 38 anos, destacou-se pelo seu trabalho no mercado chinês, está no grupo desde 1998 e "possui uma experiência industrial profunda".