Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Tribunal Constitucional rejeita listas independentes à Câmara da Guarda

Lusa

  • 333

Guarda, 16 set (Lusa) - O Tribunal Constitucional (TC) rejeitou os recursos das duas candidaturas independentes à Câmara Municipal da Guarda nas eleições autárquicas do dia 29 de setembro, segundo o acórdão a que a Lusa teve hoje acesso.

A decisão do TC rejeita todas as listas do movimento "A Guarda Primeiro", liderado por Virgílio Bento, e inviabiliza as candidaturas à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal do grupo de cidadãos eleitores "Juntos pela Guarda", presidido por Baltasar Lopes, devido a irregularidades nos processos de recolha de assinaturas.

O TC confirmou as anteriores decisões do Tribunal da Comarca local, tendo apenas admitido a candidatura à junta urbana da Guarda do movimento independente "Juntos pela Guarda".