Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Transparência e Integridade recorre a tribunais para impedir candidaturas

Lusa

  • 333

Porto, 07 fev (Lusa) -- O vice-presidente da Transparência e Integridade, Paulo Morais, disse hoje que esta entidade pretende solicitar nos próximos dias a intervenção dos tribunais para impedir candidaturas autárquicas de quem já tenha cumprido três mandatos noutros concelhos ou freguesias.

"As candidaturas que se têm vindo a anunciar de alguns autarcas que cumpriram os três mandatos e agora têm intenção de se candidatarem a um quarto são candidaturas claramente ilegais", afirmou à Lusa Paulo Morais, para quem a lei de limitação de mandatos é "simples e clara".

O também professor universitário e diretor do Instituto de Estudos Eleitorais da Universidade Lusófona do Porto, que momentos antes havia expressado esta decisão na TVI24, realçou não considerar apenas as candidaturas ilegais, como também o anúncio de intenção de participar nas próximas eleições autárquicas deve ser "sancionado".