Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: TC inviabiliza recandidatura do movimento que gere Alandroal

Lusa

  • 333

Alandroal, 12 set (Lusa) -- O Movimento Unidade e Desenvolvimento de Alandroal (MUDA), do atual presidente da câmara daquele concelho alentejano, João Grilo, foi inviabilizado pelo Tribunal Constitucional (TC) de se recandidatar nas autárquicas de dia 29, devido a alegadas irregularidades.

"Fomos notificados desta decisão do TC ontem [quarta-feira] à noite e estamos em estado de choque, porque não faz sentido absolutamente nenhum", disse hoje João Grilo à agência Lusa.

O autarca, eleito pelo MUDA, está a cumprir o primeiro mandato à frente da Câmara Municipal de Alandroal e, para as autárquicas do próximo dia 29, voltava a ser o cabeça-de-lista desse movimento independente. Só que, devido à decisão do TC da qual foi notificado quarta-feira, o MUDA deverá "ficar fora" da corrida eleitoral, lamentou.