Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Quem penalizar Évora e Alentejo encontrará "força de resistência" - Novo autarca CDU

Lusa

  • 333

Évora, 02 out (Lusa) - O presidente eleito da Câmara de Évora, o comunista Carlos Pinto de Sá, advertiu hoje que seja qual for o Governo "não pode continuar a ignorar o Alentejo", prometendo que encontrará "uma força de resistência".

Em entrevista à agência Lusa, Carlos Pinto Sá, que reconquistou para a CDU, nas autárquicas de domingo, o emblemático município alentejano, perdido para o PS em 2001, disse que pretende "colaborar" com o Governo, "este ou qualquer outro", em tudo o que "possa beneficiar Évora e o Alentejo", mas prometeu "luta e denúncia" em tudo o que venha a "penalizar" o concelho e a região.

"Tudo faremos para que aquilo que venha a penalizar Évora e o Alentejo não passe. Encontrarão aqui uma força de resistência", alertou o presidente eleito da Câmara de Évora, que vai governar com maioria absoluta.