Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Quem decidirá limitação de mandatos é Tribunal Constitucional -- Menezes

Lusa

  • 333

Porto, 19 abr (Lusa) - O candidato do PSD à Câmara do Porto, Luís Filipe Menezes, disse hoje respeitar a decisão do Tribunal Cível do Porto relativamente ao impedimento da sua candidatura mas sublinha que "quem vai decidir esta querela é o Tribunal Constitucional".

Na segunda-feira foi conhecida a decisão dos juízos cíveis do Porto, que determinaram que Luís Filipe Menezes não pode candidatar-se à presidência da Câmara do Porto, dando provimento à providência cautelar interposta pelo Movimento Revolução Branca (MRB).

Hoje, na apresentação do projeto Silo Artes e Ofícios, Luís Filipe Menezes foi questionado sobre este impedimento, tendo explicado que vê esta matéria "como um combate político" e que está absolutamente tranquilo, garantindo que respeita a decisão do Tribunal Cível do Porto.