Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Posição da CNE e das televisões prejudicou democracia - António Costa

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 set (Lusa) - O candidato socialista à Câmara de Lisboa, António Costa, criticou hoje a posição da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e das televisões generalistas pela limitação da cobertura da campanha autárquica, considerando que acabaram por "prejudicar a democracia".

"Não sei se é preciso mudar a lei. Vivemos muito bem durante muitos anos com a mesma lei. O que não é admissível é o que a CNE e as televisões fizeram este ano, que foi uma vergonha", respondeu António Costa aos jornalistas, quando questionado sobre se concordava com o Presidente da República, que no sábado apelou a uma reflexão da lei eleitoral.

"A democracia saiu muito prejudicada com a falta de informação, de esclarecimento e de debate. Não é uma questão do candidato 'A' ou 'B': foi a democracia que saiu empobrecida pelo lamentável comportamento das televisões e da CNE", afirmou o candidato do PS.