Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Menezes ironiza com erro na lei sobre a limitação dos mandatos

Lusa

  • 333

Gaia, 25 fev (Lusa) -- Luís Filipe Menezes ironizou hoje sobre a polémica em torno da descoberta de um erro na lei de limitação de mandatos, dizendo ser presidente "de" Gaia com a esperança de ser presidente "da" cidade do Porto.

"Essa é uma matéria que tem uma vertente jurídica (...) mas é eminentemente uma matéria política. Eu, sobre isso, só digo uma coisa: face à política que eu tenho desenvolvido em Gaia (...), eu sou presidente de Gaia com quatro maiorias absolutas há mais de 12 anos e tenho esperança de [que] vou ser presidente da cidade do Porto por vontade dos portuenses", afirmou hoje o autarca à margem de uma cerimónia comemorativa dos 30 anos do Parque Biológico de Gaia.

Menezes, candidato do PSD à câmara do Porto, regia assim à notícia de que a Presidência da República detetou, na sexta-feira, "um erro de publicação"da lei que determina a limitação de mandatos autárquicos.