Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autárquicas: Guilherme Pinto acusa PS de "arrogância insultuosa" em Matosinhos

Lusa

  • 333

Matosinhos, 30 set (Lusa) -- O presidente da Câmara de Matosinhos reeleito, o independente e ex-socialista Guilherme Pinto, acusou o PS de "arrogância insultuosa", considerando que o líder da distrital do PS/Porto "é o grande responsável da perda" do fim do bastião rosa.

Em entrevista à agência Lusa no dia seguinte à reeleição com presidente da autarquia - que arrancou, com maioria absoluta, ao seu antigo partido, pondo assim fim a um bastião socialista com 37 anos - Guilherme Pinto deixou duras críticas às escolhas e tomadas de posição dos responsáveis do PS, que levaram à sua desfiliação em fevereiro.

"Eu não preciso de estar a dizer mal de António Parada [candidato do PS] porque ele exibiu-se em público e toda a gente percebeu que ele não tinha a menor condição. O meu espanto é que o partido tenha embarcado numa aventura destas apenas por contabilidades internas", criticou.