Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarcas da região de Leiria reclamam manutenção da cláusula de salvaguarda do IMI

Lusa

  • 333

Leiria, 09 out (Lusa) - A Associação de Municípios da Região de Leiria (AMLEI) defendeu hoje a manutenção da cláusula de salvaguarda do Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) e a introdução de medidas que promovam a equidade fiscal.

"A revogação da cláusula de salvaguarda do IMI proposta pelo Governo [que impede aumentos superiores a 75 euros] terá um custo elevadíssimo para as pessoas e para o mercado imobiliário", sublinhou à agência Lusa o vice-presidente da associação que integra os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós.

João Salgueiro, presidente da Câmara de Porto de Mós [independente eleito pelo PS], informou que vai ser hoje enviada ao Governo uma proposta dos oito municípios que reclamam correções no atual modelo de avaliação geral do património para, "através da fixação das taxas de IMI, promoverem uma efetiva equidade fiscal".