Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarcas da Póvoa e de Vila do Conde recusam transferência do Tribunal de Família e Menores para Matosinhos

Lusa

  • 333

Vila do Conde, 02 nov (Lusa) -- Os autarcas da Póvoa de Varzim e Vila do Conde pretendem que o Tribunal de Família e Menores se mantenha nos seus municípios, recusando a sua transferência para Matosinhos, como pretende o Governo.

Em conferência de imprensa, ocorrida hoje, o presidente da Câmara de Vila do Conde sustentou que os palácios da Justiça que servem estes dois municípios "dispõem de todas as condições para acolher este trabalho", não sendo necessário arrendar espaços fora do Tribunal, tal como acontece em Matosinhos.

Por isso, Mário Almeida refuta a ideia de transferência do Tribunal de Família e Menores para aquela comarca apelidando, ao mesmo tempo, de "incompreensível e injustificado o egocentrismo de Matosinhos em pretender que todas as populações (Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Maia, Santo Tirso e Trofa) se desloquem" para aquela cidade.