Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarcas da Junta Metropolitana de Lisboa criticam "desvalorização" da Educação Física nas escolas

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 dez (Lusa) -- O presidente da Junta Metropolitana de Lisboa (JML) criticou hoje a desvalorização da Educação Física nas escolas, classificando o projeto do Governo para a disciplina como uma má medida, sobretudo num país onde a obesidade infantil é preocupante.

Carlos Humberto (PCP) salientou que este foi um dos principais temas da última reunião da JML e que os autarcas estão sobretudo preocupados com o projeto do Governo de agregar esta matéria à nova área de Expressões e Tecnologias, com a redução da carga horária no 3º ciclo e a exclusão da classificação desta disciplina para a média final no ensino secundário.

"Consideramos que é uma má medida, principalmente quando sabemos que Portugal é o segundo maior país da área da União Europeia em que a obesidade em jovens destas idades é maior e, por outro lado, quando consideramos que é a única disciplina que tem efeitos na saúde dos jovens deste escalão etário da população", disse o autarca.