Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarca do Funchal diz que degradação económica da Madeira torna situação "bastante grave"

Lusa

  • 333

Funchal, 27 fev (Lusa) -- O presidente da Câmara do Funchal, Miguel Albuquerque, disse hoje que a degradação das condições económicas e sociais da Madeira "aliada a uma eventual crise política" torna a situação da região "bastante grave".

"Há uma preocupação que, para mim, é latente: as condições sistémicas de degradação da situação económica e social da região têm de ser atacadas muito rapidamente, porque essa degradação da situação económica e social, aliada a uma eventual crise política, torna, de facto, a situação bastante grave", afirmou Miguel Albuquerque, no final de uma reunião com a Junta de Freguesia do Monte.

Questionado sobre notícias que dão conta de que o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) vai acusar o executivo regional, liderado pelo social-democrata Alberto João Jardim, pelo crime de prevaricação devido à alegada ocultação de dívida, Miguel Albuquerque escusou-se a comentar o assunto para já.