Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarca de Viana acusa Governo de ter "dois pesos e duas medidas" no apoio aos estaleiros

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 22 jan (Lusa) - O presidente da Câmara de Viana do Castelo acusou hoje o Governo de ter "dois pesos e duas medidas" ao apoiar estaleiros navais privados, mas "sem investir um euro" nos estaleiros públicos da cidade.

A posição de José Maria Costa surge depois de anunciado, pelo Governo, um apoio público de 18 milhões de euros aos Estaleiros do Mondego, para permitir a criação de 134 postos de trabalho diretos, medida que o autarca socialista diz registar "com agrado" por representar uma aposta "reindustrialização" e "no aproveitamento dos recursos naturais e do mar".

"Não podemos é deixar de estranhar que o mesmo Governo, tendo na sua área de responsabilidade os Estaleiros Navais de Viana do Castelo [ENVC], não tenha investido nenhum euro, nem preveja investir, para a concretização de um contrato para a construção de dois navios no valor de 128 milhões de euros", acusou José Maria Costa, em comunicado.