Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarca de Gaia quer Conselho Metropolitano do Porto sem "vaidades pessoais"

Lusa

  • 333

Porto, 14 out (Lusa) -- O recém-eleito presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, defendeu hoje que os autarcas do Conselho Metropolitano do Porto devem "pôr de lado as suas vaidades pessoais" e assumir o "grande desafio" de reabilitar a região.

"Num coletivo que se pretende coeso, e que eu julgo que vai ser coeso, o grande desafio é reabilitar a junta metropolitana, a área metropolitana como um órgão de reflexão e de propositura a benefício da área metropolitana e da região", afirmou à Lusa o autarca responsável pelo agendamento da primeira reunião do Conselho Metropolitano do Porto (antiga Junta Metropolitana).

Para Eduardo Vítor, "a junta metropolitana foi um órgão praticamente inexistente, um órgão amorfo, sem voz, sem capacidade sequer de discutir com o Governo uma série de projetos", considerando que foi por isso "que os investimentos do Governo mais uma vez foram desviados para Lisboa e o Vale do Tejo e o Norte ficou mais uma vez para trás".