Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarca de Barcelos "convicto" de que tribunal anulará condenação de pagar 172 ME a concessionária

Lusa

  • 333

Barcelos, 20 nov (Lusa) -- O presidente da Câmara de Barcelos manifestou-se hoje "convicto" da não-execução da decisão do tribunal arbitral que condenou o Município a pagar, até 2035, 172 milhões de euros à empresa concessionária da água do concelho.

"Não acredito que o tribunal [administrativo e fiscal] nos condene na execução, é minha convicção de que será dada razão à Câmara", referiu Miguel Costa Gomes.

O autarca afirmou que a Inspeção Geral da Administração Local (IGAL) declarou "ilegal" o contrato de concessão da água e saneamento de Barcelos, celebrado pelo anterior Executivo (PSD).