Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autarca de Almada critica "negócio antes das pessoas" na construção do terminal da Trafaria

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 jun (Lusa) - A presidente da Câmara de Almada, Maria Emília de Sousa, reiterou hoje no parlamento a sua oposição à construção de um terminal de contentores na Trafaria, acusando o Governo de pôr o negócio à frente das pessoas.

"Quando vemos o negócio como questão primeira, estamos mal, porque estamos a descurar as pessoas. A isso dizemos terminantemente não", afirmou a autarca comunista, numa audição pelas comissões de Obras Públicas, de Ambiente e de Agricultura e Mar sobre o projeto do Governo de construir um megaterminal na Trafaria.

A presidente do município almadense sublinhou que "o negócio deve-se conformar com as decisões para o território, para a vida das pessoas e para o potencial de desenvolvimento", lembrando que o Plano Diretor Municipal de Almada prevê a aposta na pesca, no setor terciário, na pequena indústria, no turismo e nas indústrias tecnológicas.