Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austrália: Austrália do Sul pede perdão pelas adoções forçadas entre as décadas de 50 e 80

Lusa

  • 333

Sidney, 18 jul (Lusa) -- O Estado de Austrália do Sul pediu hoje desculpa às vítimas de adoções forçadas realizadas entre as décadas de 50 e 80, uma prática que consistia em pressionar as mães solteiras a entregar os seus bebés para adoção.

"Pedimos desculpas pelas mentiras, medo, silêncio e deceções", disse o presidente do Governo da Austrália do Sul, Jay Weatherill, perante o Parlamento estatal, salientando esperar que este gesto sirva para reconciliar a comunidade.

Durante várias décadas, as mães foram enganadas, outras pressionadas e algumas até ameaçadas para que assinassem os papéis de adoção dos seus filhos, concluiu uma investigação oficial de 2000.