Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austrália aguarda informações de Israel sobre morte do "prisioneiro X"

Lusa

  • 333

Sydney, Austrália, 26 mar (Lusa) - A Austrália espera que o Governo de Telavive dê explicações sobre a prisão e suicídio do "prisioneiro X", alegado espião da Mossad que morreu numa prisão em Israel, em 2010, revelou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Após um encontro, em Washington, com o vice-presidente norte-americano, Joe Biden, o chefe da diplomacia australiana, Bob Carr, disse que o ministério pediu a Israel que faculte "toda a informação relevante no que diz respeito às preocupações da Austrália"

"A Austrália tem um claro interesse, um ponto de vista diferente", acrescentou Carr, ao recordar que Camberra objetou no passado "o uso de passaportes australianos por parte de cidadãos com dupla nacionalidade ou cidadania que trabalhem para agências de serviços de inteligência estrangeiros", refere o diário local The Age, citando o ministro.