Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Seguro é hoje recebido pelo Presidente da República, após rejeitar medidas do Governo

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 set (Lusa) - O secretário-geral do PS é hoje recebido pelo Presidente da República, em Belém, depois de ter rejeitado as medidas de austeridade do Governo e advertido que haverá consequências na votação do Orçamento do Estado para 2013.

A audiência com Aníbal Cavaco Silva foi solicitada por António José Seguro com caráter de urgência na terça-feira, enquanto ainda decorria a conferência de imprensa do ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, sobre os resultados da quinta avaliação da 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) ao Programa de Assistência Económica e Financeira de Portugal.

Na sexta-feira, logo após o anúncio das medidas de austeridade pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, o PS, pela voz do seu líder parlamentar, Carlos Zorrinho, sinalizou a rutura face ao Governo, dizendo "basta" e considerando que as medidas de austeridade tinham "ultrapassado o limite do admissível".