Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Reitor da Universidade do Porto pede menos exagero nas "maldades"

Lusa

  • 333

Porto, 13 set (Lusa) -- O reitor da Universidade do Porto avisou hoje que há "limites" nas medidas de austeridade e pediu para não se exagerar nas "maldades que se fazem às universidades".

"É preciso que tenham atenção de que há limites até onde se pode esticar a corda. A corda rebenta caso se estique muito e pode morrer tudo", declarou aos jornalistas o reitor Marques dos Santos, à margem da cerimónia de receção dos novos estudantes da Universidade do Porto, sessão que decorreu no Palácio de Cristal.

"É importante que se destrince o que é possível cortar e o que é possível não cortar, o que é possível apoiar, para que o país se desenvolva", acrescentou Marques dos Santos, alertando que o país "precisa das universidades".