Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Redução da despesa devia ser acompanhada de menos impostos - economista

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 mai (Lusa) -- O economista João Loureiro disse hoje que o Governo devia acompanhar o corte da despesa pública com a redução dos impostos, sobretudo sobre as empresas, de modo a terem mais condições para investir e, assim, diminuir o desemprego.

"Sendo certo que era inevitável haver uma redução da despesa pública, devia haver em paralelo um sinal de alívio da carga fiscal. Muito provavelmente não penalizaria as contas públicas e era importante para a generalidade dos agentes económicos, nomeadamente para aqueles que podem criar emprego, as empresas", afirmou à Lusa João Loureiro, professor de economia da Faculdade de Economia do Porto.

Promover o investimento, tanto de empresas nacionais como de estrangeiras, é para o economista "fundamental" no momento que Portugal atravessa e a única solução para "pôr um travão ao desemprego".