Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: PS "não pode pactuar" com políticas e isso terá consequências na votação do Orçamento- Seguro

Lusa

  • 333

Penafiel, 09 set (Lusa) - O secretário-geral do PS, António José Seguro, assegurou hoje que o PS "não pode pactuar" nem será "cúmplice do caminho de austeridade" seguido pelo Governo, garantindo que isso terá consequências na votação do Orçamento de Estado para 2013.

No final da declaração política que fez na Universidade de Verão do PS, em Penafiel, o líder do partido não esclareceu os jornalistas sobre se o partido irá votar contra o orçamento.

"Não tenho nada a acrescentar, as minhas palavras foram muito claras", disse à comunicação social.