Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: PS acusa Carlos Moedas de "dizer uma graçola" sobre TSU e impacto nos empresários

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - O deputado do PS Basílio Horta acusou hoje o secretário de Estado adjunto, Carlos Moedas, de "dizer uma graçola" sobre a Taxa Social Única (TSU) e os empresários que alegadamente terão deixado de se queixar de falta de liquidez.

"É uma brincadeira, uma galhofa, [Carlos Moedas] quis ser sarcástico. Agora, o momento não é oportuno para isso. O país vive um momento muito sério em termos económicos e sociais", considerou Basílio Horta em declarações à agência Lusa.

Carlos Moedas disse esta tarde que a TSU tem "gerado equívocos" e deixou recados a "alguns empresários" que antes se queixavam das restrições de liquidez e agora veem a medida como "uma ameaça".