Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: PNR repudia medidas que "são roubo a portugueses"

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 set (Lusa) - O Partido Nacional Renovador repudiou hoje "com veemência" as novas medidas de austeridade anunciadas sexta-feira pelo primeiro-ministro para 2013, que considera um "roubo" aos portugueses, muitos deles "já no limiar da pobreza".

Ao contrário das "eternas promessas em realizar os propalados cortes na ´gordura´ estatal" da última campanha eleitoral, "mais uma vez, serão os trabalhadores públicos e privados a arcar com as consequências de décadas de despesismo despudorado, de gestão danosa dos recurso públicos", acusa o PNR.

Em comunicado, o partido refere as "ténues declarações de intenções para eliminar gastos supérfluos do Estado [que] destoam das severas penalizações que fustigarão milhões de portugueses no próximo ano, muitos deles subsistindo no limiar da pobreza e isentos de culpas no que concerne ao avolumar de erros de governação".