Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Partido da Terra critica aumento "camuflado" de impostos

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 set (Lusa) - O Partido da Terra criticou hoje as medidas de austeridade anunciadas na sexta-feira, que considera um aumento "camuflado" da carga tributária, e defende a redução da despesa pública, propondo que os ministros utilizem os transportes públicos.

Em comunicado, o Partido da Terra - MPT realça que o anúncio do primeiro-ministro "não é outra coisa senão a criação de mais medidas punitivas à classe trabalhadora, aos pensionistas e às famílias portuguesas".

"A pretensa diluição do equivalente ao subsídio de férias por doze meses com consequente, e inevitável, aumento do escalão contributivo implicará, obviamente, a criação camuflada de mais um aumento na carga tributária", refere.