Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: FESAP considera que novas medidas de austeridade criaram "total trapalhada"

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 mai (Lusa) -- O coordenador da Frente Sindical da Administração Pública (FESAP) considerou hoje uma "total trapalhada" a maneira como o Governo fez o anúncio das medidas de austeridade, com o ministro dos Negócios Estrangeiros a desdizer o primeiro-ministro.

"Em função de tudo aquilo que li durante o fim de semana, partindo do pressuposto que as palavras do primeiro-ministro são as penúltimas e as do 'vice-primeiro-ministro' são as últimas, estamos perante uma situação de total trapalhada", afirmou hoje Jorge Nobre dos Santos, em declarações à agência Lusa.

O dirigente sindical lembrou que "até sexta-feira às 18:00 não tinha dado entrada na FESAP nenhum documento por parte do Governo" e, por isso, só sabe sobre o assunto o que Pedro Passos Coelho anunciou na sexta-feira e Paulo Portas no domingo, e o que foi, entretanto, noticiado nos meios de comunicação social.