Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Educação e Segurança Social sofrem mais de metade dos cortes

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 mai (Lusa) -- A Educação e a Segurança Social serão os setores que mais contribuirão para a redução da despesa do Estado com as medidas setoriais que o Governo pretende implementar nos próximos anos, sendo responsáveis por mais de metade das poupanças.

De acordo com uma carta enviada pelo primeiro-ministro à 'troika', a que a Lusa teve acesso, o Governo vai aplicar medidas setoriais que darão uma poupança de 505 milhões de euros já este ano, que sobem para 1,1 mil milhões de euros em 2014 e para 1.228 milhões de euros em 2015.

A Educação e a Segurança Social vão contribuir com mais de metade da poupança prevista neste bolo.