Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Desporto - Cortes têm de ser criteriosos - Alexandre Mestre

Lusa

  • 333

Seixal, 14 set (Lusa) - O secretário de Estado do Desporto e Juventude, Alexandre Mestre, afirmou hoje que eventuais cortes orçamentais para 2013, no âmbito das federações desportivas, têm de ser criteriosos já que em 2012 rondaram os cinco por cento.

"Penso que, neste momento, nos devemos concentrar no esforço que o governo e administração pública fizeram este ano. Com a disponibilidade orçamental que existe para o Desporto, terá de ser muito criteriosa a decisão de onde aplicar. É essa a nossa grande mobilização. Há que tomar opções e canalizar e fiscalizar muito bem os dinheiros públicos", alertou.

Alexandre Mestre relembrou que no governo anterior foram feitos cortes que variaram entre os "cinco e os 15 por cento", salientando que com o atual elenco governativo estiveram entre "os zero e os cinco".