Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Decisão sobre TSU deve ser "repensada" pelo Governo - constitucionalista Gomes Canotilho

Lusa

  • 333

Coimbra, 14 set (Lusa) -- O constitucionalista Gomes Canotilho defendeu hoje, em Coimbra, que a redução da taxa social única (TSU) para os empregadores "divide os portugueses" e deve ser corrigida pelo Governo.

Se esta decisão do Governo, anunciada há uma semana pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, "está a ser rejeitada pelos portugueses, há que a repensar", declarou José Joaquim Gomes Canotilho aos jornalistas.

"Há uma rejeição da sociedade civil", tanto das organizações sindicais, como patronais, disse, para considerar que a redução da TSU para os empregadores, compensada pelo agravamento das contribuições dos trabalhadores para a Segurança Social, "não tem efeitos razoáveis" para as empresas.