Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Confederação dos Serviços saúda medidas assentes na despesa pública

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 mai (Lusa) - O presidente da Confederação dos Serviços de Portugal (CSP) congratulou-se hoje com a "decisão do Governo em proceder à consolidação orçamental" através da despesa pública e afirmou-se disponível para dialogar e apresentar soluções concretas.

O primeiro-ministro anunciou hoje, numa declaração ao país, um pacote de medidas que vão poupar nas despesas do Estado 4,8 mil milhões de euros, até 2015, que inclui o aumento do horário de trabalho da função pública das 35 para as 40 horas, a redução de 30 mil funcionários públicos e o aumento da idade da reforma para os 66 anos de idade.

"A Confederação dos Serviços de Portugal saúda a decisão do Governo de proceder à consolidação orçamental do lado da despesa pública, como sempre reclamámos", afirmou, em declarações à Lusa o presidente da entidade, Luís Reis.