Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: CGTP acusa Governo de desonestidade

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, acusou hoje o Governo de desonestidade ao lançar mais sacrifícios sobre os trabalhadores e os pensionistas, sem anunciar nenhuma medida de austeridade sobre o capital.

"Não houve nenhuma medida, das que foram anunciadas na sexta-feira pelo primeiro-ministro, que fosse para tocar no capital. O que se está a passar em Portugal é uma vigarice e uma vergonha. Não há honestidade por parte do Governo", disse Arménios Carlos em conferência de imprensa.

O sindicalista, que falou aos jornalistas no final de uma reunião da comissão executiva da CGTP, considerou que as medidas de austeridade anunciadas por Passos Coelho, que atingem sobretudo os funcionários públicos, "são de uma violência nunca vista".