Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Braga de Macedo diz que TSU foi contestada por "desconfiança" e "incompreensão"

Lusa

  • 333

Leiria, 27 set (Lusa) - O ex-ministro das Finanças Jorge Braga de Macedo afirmou hoje, numa conferência em Leiria, que a Taxa Social Única (TSU) foi contestada por "desconfiança" e "incompreensão" das pessoas.

Durante a dissertação na conferência intitulada "A Internacionalização e o Financiamento da Economia", organizada pela D. Dinis - Business School, Braga de Macedo admitiu que a TSU não foi bem aceite "talvez por má comunicação", o que levou à "incompreensão" da medida.

"A ideia da desvalorização fiscal é muito discutida para países que não conseguem ter desvalorização cambial. É uma medida que tinha uma dimensão de redistribuição, tentando aumentar a competitividade das empresas pelo lado da oferta e compensar a decisão do Tribunal Constitucional", explicou Braga de Macedo.