Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Bispo do Porto defende "inversão nas medidas" e "mais pedagogia e solidariedade"

Lusa

  • 333

Covilhã, 18 set (Lusa) - O bispo do Porto e vice-presidente da Comissão Episcopal Portuguesa, Manuel Clemente, defendeu hoje "uma inversão nas medidas" de austeridade até onde for possível, mas admitiu que "a margem de manobra é muito estreita".

Manuel Clemente falava aos jornalistas hoje à noite, minutos antes de participar numa tertúlia literária na Câmara Municipal da Covilhã.

O bispo do Porto defendeu "uma inversão nas medidas [de austeridade] até onde possa haver", mas reconheceu: "O que ouvimos, interna e externamente, é que não pode haver muitas mudanças".