Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Berta Cabral (PSD/Açores) diz que declarações de António Borges "não ajudaram" o Primeiro-Ministro

Lusa

  • 333

Vila do Porto, 30 set (Lusa) -- A presidente do PSD/Açores, Berta Cabral afirmou hoje que as declarações de António Borges, que acusou os empresários que criticaram a TSU de serem "ignorantes", "não ajudaram" o primeiro-ministro a alcançar o consenso nacional.

"Se um conselheiro não tem sensibilidade política para ajudar o primeiro-ministro tem de pensar muito bem no seu papel", afirmou Berta Cabral, numa reação às recentes declarações de António Borges, escusando-se, no entanto, a pedir diretamente a demissão do conselheiro.

Segundo Berta Cabral, António Borges, consultor do executivo do Governo para as privatizações, é que devia ser o primeiro a pensar se está a ajudar o primeiro-ministro.