Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aumento do horário semanal corta 14 profissionais nos centros de saúde da região de Lisboa

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 nov (Lusa)- A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) vai em 2014 dispensar 14 técnicos de saúde prestadores de serviços nos centros de saúde, após o aumento para 40 horas do horário semanal de trabalho.

A ARSLVT avançou à agência Lusa que "o aumento do número de horas de trabalho semanal das 35 para as 40 horas se reflete no aumento do trabalho realizado" pelos 420 técnicos de saúde do quadro dos centros de saúde.

Por esse motivo, "diminui a necessidade de prestadores de serviços para essas mesmas funções" e, a partir de janeiro, vão ser dispensados 14 técnicos nessa situação, desde nutricionistas, técnicos de serviço social, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, terapeutas da fala e higienistas orais, espalhados pelos centros de saúde dos agrupamentos de Sintra, Estuário do Tejo, Oeste Sul, Arrábida e Médio Tejo.