Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aumento de impostos sobre o tabaco evita milhões de mortes - OMS

Lusa

  • 333

Genebra, 01 jul (Lusa) - Um total de 7,4 milhões de mortes prematuras por tabaco serão evitadas em 41 países até 2050 graças às medidas de controlo adotadas entre 2007 e 2010, nomeadamente ao aumento dos impostos, decisão que por si só salvará metade dessas vidas.

Este dado é revelado hoje pelo primeiro estudo sobre os efeitos concretos das medidas antitabaco na taxa de mortalidade atribuída a esse vício depois da entrada em vigor do Convénio para o Controlo do Tabaco em 2005.

Segundo o estudo, uma subida de 75 por cento nos impostos sobre o tabaco evitaria quase metade das 7,5 milhões de mortes prematuras pelo tabagismo, ou seja, mais de 3,5 milhões.