Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aumenta o fosso económico entre minorias e brancos nos Estados Unidos - estudo

Lusa

  • 333

Washington, 30 abr (Lusa) -- O fosso entre brancos, hispânicos e afro-americanos nos Estados Unidos aumentou após a recessão de 2007, segundo um estudo do Urban Institute, que reabre o debate sobre o legado económico do Presidente Obama.

A recessão, que terminou oficialmente em junho de 2009, foi a mais profunda ocorrida em quase oito décadas. A criação de emprego continua a ser uma das prioridades máximas de Barack Obama, que na segunda-feira completou 100 dias do seu segundo mandato, que termina em 2017.

As famílias negras e hispânicas de rendimento médio viram "pouca ou nenhuma melhoria na sua situação económica" nos últimos cinco anos, e o crescente fosso racial entre ricos e pobres põe em perigo a imagem dos Estados Unidos como terra das oportunidades económicas, de acordo o estudo divulgado na segunda-feira na página da internet do Urban Institut, instituto não-partidário de investigação de políticas sociais e económicas