Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Auditor belga exclui Hospital Santa Cruz da reestruturação da cirurgia cardiotorácica

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 out (Lusa) -- Um cirurgião belga esteve a auditar os serviços de cirurgia cardiotorácica em Lisboa e recomendou a concentração de serviços, deixando de fora o Hospital de Santa Cruz, mas considerando que "faz sentido" manter o semipúblico Hospital da Cruz Vermelha.

As conclusões do relatório, a que a agência Lusa teve acesso, estão a preocupar os profissionais do Hospital de Santa Cruz, nomeadamente os médicos do serviço auditado, que não sabem o que a tutela vai fazer com as recomendações de Paul Sergeant, nas quais não está definido um futuro para esta unidade de saúde.

Mas também nos outros hospitais públicos visados -- Santa Marta e Santa Maria -- o relatório não foi bem recebido, tendo mesmo levado o diretor do serviço de cirurgia cardiotorácica do Centro Hospitalar de Lisboa Norte (Santa Maria e Pulido Valente) a escrever à Ordem dos Médicos para que esta se pronunciasse.