Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Audição de polícias acusados da morte de taxista moçambicano adiada para sexta-feira

Lusa

  • 333

Benoni, África do Sul, 04 mar (Lusa) - A justiça da África do Sul adiou hoje para sexta-feira a audição em tribunal dos oito polícias sul-africanos acusados da morte de um taxista moçambicano para permitir a identificação dos suspeitos por testemunhas.

A audição, para decidir se os arguidos poderiam ser libertados sob caução, estava prevista para hoje, mas o tribunal quer antes verificar se os oito polícias incriminados, atualmente em detenção, são de facto os autores do crime, através da identificação por testemunhas.

"O caso fica adiado para 08 de março para a audiência de libertação sob caução", declarou o juiz Samuel Makamu.