Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Atentandos causaram 115 mortos no Paquistão na quinta-feira, dia mais mortífero dos últimos anos

Lusa

  • 333

Quetta, Paquistão, 11 jan (Lusa) - Uma série de atentados bombistas no Paquistão, incluindo um duplo ataque suicida num clube frequentado por muçulmanos xiitas, provocou 115 mortos na quinta-feira, dia considerado um dos mais mortíferos daquela nação nos últimos anos.

Pelo menos 82 pessoas foram mortas e 121 outras ficaram feridas na quinta-feira quando dois bombistas suicidas se fizeram explodir numa zona lotada no sudoeste da cidade de Quetta, dominada pela comunidade xiita, indicou a polícia, citada pela agência AFP.

O grupo extremista sunita Lashkar-e-Jhangvi assumiu a responsabilidade pelo duplo atentado, que foi um dos piores ataques individuais cometidos contra a minoria xiita, correspondente a cerca de 20 % dos 180 milhões de habitantes do Paquistão.