Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associação para o Estudo da Sida admite que cura seja encontrada a "médio prazo"

Lusa

  • 333

Porto, 11 dez (Lusa) -- O presidente da Associação Portuguesa para o Estudo da SIDA (APECS), Rui Sarmento e Castro, admitiu hoje que a cura para a infeção por VIH/Sida possa ser encontrada a "médio prazo".

"Têm sido apresentados alguns estudos sobre essa possibilidade. Há três ensaios clínicos diferentes, com metodologias diferentes, mas todos convergem para o mesmo objetivo: a erradicação do VIH" sustentou o especialista, em entrevista à agência Lusa.

Contudo, Rui Sarmento e Castro, que é também diretor clínico do Hospital de doenças infetocontagiosas Joaquim Urbano, no Porto, considerou que "ainda é cedo" para se ter certezas absolutas.