Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associação lamenta falta de candidatos lusodescendentes nas eleições do Luxemburgo

Lusa

  • 333

Luxemburgo, 19 de out (Lusa) - Só 16 lusodescendentes são candidatos às eleições legislativas antecipadas agendadas para domingo no Luxemburgo, um número que fica "aquém da importância da comunidade no país", por causa da "falta de vontade política", alerta a maior associação portuguesa no Grão-Ducado.

"Os partidos do arco do poder continuam a ostracizar a comunidade portuguesa e a estar distantes da realidade do país, quando vivem aqui cerca de 110 mil portugueses", um quinto da população total, disse à Lusa o presidente da Confederação da Comunidade Portuguesa no Luxemburgo (CCPL).

"Houve um aumento exponencial do número de naturalizados portugueses desde a aprovação da lei da dupla nacionalidade, e portanto não é por falta de candidatos", sublinhou José Coimbra de Matos.