Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associação europeia critica acordo entre UE e China sobre painéis solares

Lusa

  • 333

Bruxelas, 27 jul (Lusa) - A AFASE, associação de mais de 750 empresas da indústria fotovoltaica europeia, considera "desvantajoso" o acordo hoje anunciado entre a União Europeia (UE) e a China no âmbito da disputa comercial sobre os painéis solares chineses.

A Alliance for Affordable Solar Energy (AFASE), que representa os instaladores e promotores do setor fotovoltaico europeu emitiu um comunicado em reação ao protocolo hoje estabelecido, considerando que, apesar de não ter sido revelado "nenhum detalhe" sobre o mesmo, o acordo anunciado é "desvantajoso" e "não beneficia ninguém".

A AFASE apela aos decisores políticos para "se absterem de aumentar os preços, pois tal irá levar a uma solução insustentável" para o setor fotovoltaico europeu.