Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associação do Erasmus quer alargar programa a desempregados

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 mai (Lusa) -- A associação responsável pelo programa de intercâmbio de estudantes Erasmus está a ponderar alargar o projeto a desempregados, a partir de janeiro de 2014, disse hoje à agência Lusa a diretora da instituição, Maria do Céu Crespo.

O possível alargamento do Programa da Comunidade Europeia para Mobilidade de Estudantes de desempregados (Erasmus, na sigla em inglês), "está ainda a ser estudado por parte da Comunidade Europeia, porque há países que apoiam e outros que não", explicou à agência Lusa a representante da agência nacional para a Aprendizagem ao Longo da Vida (PALV), que gere o programa Erasmus.

"Isso permitiria mandar uma série de desempregados para o exterior [para adquirirem] novas práticas de trabalho e conhecimentos de novas línguas", explicou Maria do Céu Crespo, adiantando que, no regresso, esses desempregados "viriam melhor preparados para enfrentar o mercado de trabalho".