Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Assad recusa interferência estrangeira na conferência Genebra II

Lusa

  • 333

Damasco, Síria, 31 out (Lusa) -- O Presidente sírio, Bachar al-Assad, disse na quarta-feira ao enviado internacional Lakhdar Brahimi, num encontro em Damasco, que recusa qualquer interferência estrangeira a favor da oposição na conferência Genebra II, destinada a encontrar uma solução para o conflito.

"O povo sírio é a única parte a ter o direito de decidir o futuro do seu país. Qualquer solução ou acordo deverá ter o aval dos sírios e refletir a sua vontade, longe de interferências externas", afirmou Assad, segundo a agência oficial Sana.

O regime sírio considera que a oposição e os rebeldes são manipulados por países estrangeiros.