Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ASAE garante que mantém "vigilância muito apertada" ao setor das carnes

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 fev (Lusa) -- O inspetor-geral da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) garantiu hoje que aquele organismo mantém "uma vigilância muito apertada" ao setor das carnes e considerou que o estudo da Deco sobre carne picada serve de "alerta".

A Deco (Associação de Defesa do Consumidor) desaconselhou hoje o consumo de carne picada vendida a granel, por considerar que esta pode causar problemas de saúde pública, e reivindicou maior fiscalização por parte da ASAE e uma nova legislação para os talhos.

"Quer a ASAE, quer as restantes entidades públicas, mantêm uma vigilância muito apertada de mercado sobre esse setor das carnes", afirmou hoje António Nunes, em declarações à agência Lusa, referindo não conhecer ainda o estudo da Deco, que, no entanto considera ter "uma componente técnica muito elevada".