Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ASAE admite propor ao tribunal entrega de produtos com carne de cavalo a instituições de solidariedade

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 fev (Lusa) -- O presidente da ASAE admitiu hoje propor ao tribunal a entrega dos produtos apreendidos com carne de cavalo a instituições de solidariedade social, afirmando que os produtos estão bem armazenados e a sua qualidade assegurada.

O Diário de Notícias avança na edição de hoje que o presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, padre Lino Maia, e a presidente do Banco Alimentar, Isabel Jonet, estão interessados em receber nas suas instituições os alimentos ultracongelados com vestígio de carne de cavalo apreendidos pelas autoridades por estarem mal rotulados.

O mais importante é que não exista risco para a saúde e os beneficiários sejam devidamente informados da composição dos produtos, disseram ao jornal os responsáveis.